5 benefícios de utilizar micro-influenciadores em suas campanhas

Quando pensamos em campanhas de Marketing, geralmente o que nos vêm à mente são grandes produções, mega-celebridades, eventos suntuosos e por aí vai… Sim, isso certamente faz parte de Marketing, ninguém duvida disso. No entanto, há uma outra vertente do marketing que muitas vezes ainda passa desapercebida, sem chamar muita atenção, mas que vem fazendo um verdadeiro “estrago” no mundo dos negócios: o marketing de micro-influenciadores!

Mas antes…

Bom, antes de falarmos sobre o que é o marketing de micro-influenciadores e os seus benefícios, cabe antes uma brevíssima explicação sobre o que é o marketing de influenciadores.

Podemos entender como marketing de influenciadores as ações realizadas tendo como plataforma a capacidade de influência que determinadas personalidades exercem sobre os consumidores. A ideia é usar o carisma, a imagem e a popularidade, enfim, o magnetismo de determinada pessoa – geralmente uma celebridade ou com status de – para vender determinado produto ou serviço.

A tática  não é nova e remonta ao menos aos idos finais dos anos 1800, quando era utilizada para promover a venda de cigarros e outros bens de consumo domésticos. 

O marketing de micro-influenciadores

Agora que você já sabe o que é marketing de influenciadores, não fica difícil entender o que são os micro-influenciadores. Sim, nada complicado, é isso mesmo que você está pensando!

O marketing de Micro-influenciadores trabalha com pessoas que gozam de carisma, popularidade ou autoridade. São referências em determinadas questões ou assuntos mas, diferentemente de seus “irmãos maiores”, sua influência é mais restrita, é mais localizada ou segmentada.

Micro-influenciadores são pessoas que possuem prestígio e capacidade de influência, são conhecidas e admiradas, mas apenas em determinadas localidades geográficas ou em certos grupos com interesses e gostos mais específicos.

O papel das redes sociais

Nas redes sociais todos se tornam influenciadores em algum grau. As redes refletem em algum grau as relações que ocorrem fora da rede, bem como critérios, características e atributos ligados àquela figura, àquela pessoa.

Entender e localizar quem são os micro-influenciadores, portanto, demanda um trabalho de depuração e filtragem, localizando dentro deste vasto universo quem de fato são as pessoas mais adequadas para a sua campanha.

Se antes estes micro-influenciadores eram os artistas locais, velhos e queridos professores ou mesmo figuras políticas folclóricas da cidade, hoje eles majoritariamente são blogueiros, youtubers, instagrammers e afins. Nada impede, no entanto, que esses micro-influenciadores digitais sejam os mesmos artistas locais, os velhos e queridos professores ou figuras folclóricas e bufônicas da política…

São, portanto, pessoas que se utilizam das redes sociais para disseminar seus pontos de vista, reflexões, produções materiais, intelectuais ou artísticas, hobbies e gostos e que, por seu turno, acabam por sensibilizar seus seguidores, que em muitos casos até mesmo os conhecem pessoalmente.

Em outro post, também no Postcron e também de autoria de Eugenia Skaf, ela nos traz que as diferenças entre micro e mega influenciadores digitais basicamente são:

  •  Número de seguidores – de mil a 10 mil para os micro; mais de 100 mil seguidores para os mega;
  •  Interação – micro-influenciadores interagem com seus públicos. Mega-influencers atuam de maneira mais genérica;
  •  Inspiração e exemplo – Micro-influencers inspiram; Mega-influenciadores são exemplos a serem seguidos;
  •  Número de likes e curtidas – mega-influenciadores geram muito mais curtidas do que os micro, mas a influência dos micro é muito mais palpável;

5 Benefícios de utilizar micro-influenciadores em suas campanhas

Agora que você já sacou a importância dos micro-influenciadores, separamos, para resumir, 5 benefícios de os utilizar em suas campanhas de marketing.

1 – Campanhas mais certeiras

Estruture campanhas direcionadas para o seu público alvo e converse quase que diretamente com ele. Ao apostar num micro-influenciador você fala para quem quer te ouvir. Nas campanhas genéricas, muitas vezes, você fala para quem não quer ou não vai ouvir o que você tem a dizer.  Se você possui uma pequena loja de perfumes em sua cidade, talvez seja mais interessante apostar na influência daquela blogueira fashionista local, que já tem várias seguidoras interessadas em perfumaria, do que numa campanha convencional para um público genérico.

2 – Campanhas mais baratas

Sim, publicidade nos tradicionais meios é muitas vezes cara e não permite uma interação ou mesmo uma ideia real do número de pessoas atingidas. Campanhas realizadas por micro-influenciadores geralmente são mais baratas e permite maior maleabilidade na forma de pagamento/recompensa. Permutas, fornecimento de bens e serviços, descontos e promoções em troca da divulgação tornam-se mais viáveis.

3 – Feedback instantâneo

É a interação que mencionamos anteriormente. Micro-influenciadores são pessoas “reais”, muito mais próximas dos consumidores do que as grandes celebridades, que são verdadeiros olimpianos modernos, inatingíveis e intocáveis para a maioria da população. Micro-influenciadores interagem com seu público e, assim, permitem uma responsividade positiva ou negativa quase que imediata acerca de algum produto ou serviço.

4 – Aumento do número de visitantes e seguidores em seu site e redes sociais

Pode-se aproveitar os micro-influenciadores digitais não apenas para promover um produto, mas sim a marca como um todo. O micro-influenciador torna-se um elo forte de uma corrente que faz a ponte entre aquele público e as plataformas digitais do seu negócio. Assim, pode haver um aumento do número de likes e shares dentro das redes sociais, impulsionando seu negócio de maneira quase orgânica, gerando engajamento.

5 – Foco nas pessoas e não nas mídias

Como trouxemos, o grande trunfo dos micro-influenciadores advém de seu carisma, da capacidade que essas pessoas possuem de gerar confiança e de falar diretamente com seus seguidores. A confiabilidade aqui, portanto, não depende tanto do prestígio que determinada mídia desfruta, mas sim do prestígio do influenciador. Este micro-influenciador, por sua vez, pode transitar por diversas mídias, carregando consigo o seu “poder”.

Ele pode ter um canal do youtube, uma página no Facebook, uma coluna no jornal da cidade, participar de programas de auditório da TV local etc. O foco, no entanto, não é a mídia, mas sim a pessoa e o que ela representa para aquele público. Isso permite que sua campanha crie diversas ações e aposte em diferentes linguagens, dando à campanha uma maior versatilidade e possibilidades.

Encontrando o micro-influenciador ideal

Para encontrar o micro-influenciador ideal para a sua campanha, busque uma pessoa que de fato tenha afinidade com a sua marca, que não destoe da missão e valores de sua empresa. A dica é pesquisar nas redes sociais, por meio das hashtags, e no Google, por palavras-chave, quem são as pessoas que mais postam sobre determinado tema.

Procure, por exemplo, “blog perfumaria e o nome da cidade”. Assim, você saberá quem são os possíveis candidatos. Feita a triagem, veja como firmar a parceria, formas de recompensa, periodicidade e frequência das postagens etc.

Longe de ser um demérito, como vimos, a característica micro apenas evidencia uma qualidade que, quando utilizada de maneira correta, pode ser tão ou mais eficiente quanto uma ação mais ampla e genérica. Na sua próxima campanha, portanto, leve esta possibilidade ao menos em consideração…

Quer saber mais sobre marketing digital? Acesse nosso blog.