Instagram e Twitter divulgam novidades para competir com ClubHouse

No início da pandemia, as lives se tornaram a maneira de interação mais amplamente utilizada por empresas e criadores de conteúdo para atingir seu público, algo que de fato funcionou. Apesar disso, no segundo semestre de 2020 elas perderam o fôlego e têm obtido menos audiência.

Com o surgimento de novas formas de interação, a ferramenta que reúne o maior número de pessoas, com intuito de facilitar a interação acaba ganhando a atenção do momento, esse é o caso da nova rede social “Club House”.

Mas em um mundo dominado por grandes empresas de tecnologia, criar e inovar não parece ser uma receita tão difícil de ser copiada, é o caso de funcionalidades presentes em outras redes sociais e que agora fazem parte também do Twitter e Instagram.

Instagram repaginado?

Instagram repaginado?

O Instagram anunciou recentemente que está permitindo uma expansão no número de co-participantes em lives realizadas em sua plataforma.

Hoje o aplicativo permite que a live seja realizada apenas por uma pessoa e um convidado, após a novidade outros 3 participantes poderão participar em tempo real. A funcionalidade já era esperada uma vez que o Club House ganha cada vez mais espaço, já que a rede social agora também permite lives com até 4 horas de duração.

O recurso já está disponível dentro da funcionalidade de lives e para ter acesso, basta abrir o aplicativo e selecionar a funcionalidade “Ao vivo”, depois basta apenas clicar no ícone de” Sala” para incluir os demais participantes na live.

Twitter ao estilo Only Fans

Twitter ao estilo Only Fans

O Twitter está passando por grandes mudanças nas possibilidades de entregar e divulgar conteúdos produzidos na plataforma, se tornando cada vez mais uma rede de conteúdo exclusivo.

A mudança da vez anunciada pela rede social inclui a nova função chamada “Super Flow”, que vai permitir aos criadores de conteúdo rentabilizar o que produzem, cobrando uma espécie de assinatura. 

O processo também é bem parecido com o Youtube Premium, no qual será possível o usuário se tornar membro do canal e ganhar mimos como acesso à conteúdos exclusivos, que não devem ser publicados publicamente, além de descontos em produtos, entre outras coisas.

 Spaces, cópia do Club House?

 Spaces, cópia do Club House?

Outra funcionalidade que o Twitter resolveu testar são os “Spaces”, ferramenta que funciona junto aos Fleets e permite que um grupo de no máximo 10 pessoas discutam um assunto específico diante uma audiência.

Por enquanto essa função está em teste, funcionando apenas para dispositivos iOS, mas a plataforma já anunciou que pretende expandir o serviço também para o Android.

As mudanças fazem parte de uma iniciativa do Twitter em se manter uma plataforma competitiva, dobrando sua receita e números de seguidores nos próximos dois anos.

De qual novidade você mais gostou? Quer conferir mais notícias? Acesse nosso blog!