O que são schemas?

O que são schemas?

Se você está embarcando no universo do SEO agora, provavelmente ainda não ouviu falar sobre schemas. Para alcançar e se manter nas primeiras posições do Google, a otimização das páginas web deve ser constante. Mas, já pensou se fosse possível ter um upgrade e ganhar ainda mais relevância online?

Os Schemas podem te ajudar! Com a utilização do código, os mecanismos de busca conseguem entender melhor o tipo de conteúdo que cada página oferece, dando maior visibilidade ao seu site.

Quer saber como esses códigos pode trazer mais resultados para o seu negócio? Vem com a gente que  vamos te ensinar o como utilizar schemas!

Schemas: o que são?

A aplicação de técnicas de SEO trazem melhores posições no ranqueamento do Google, agregam valor ao seu conteúdo e aumentam a visibilidade da página. Diversos recursos auxiliam a otimização, entre eles, os schemas, que trazem uma grande diferença nos resultados de SEO.

A aplicação é feita com a inserção do schema, um código, na HTML do site. Assim que aplicado, o algoritmo reconhece a descrição que é gerada e já passa a ter impacto rapidamente.

Como schemas melhoram os resultados de SEO?

Essa pequena adição faz com que o Google entenda o que o usuário encontrará ao acessar sua página e identifica assuntos similares ao que o site oferece. O que ajuda a alcançar uma melhor posição nos resultados do mecanismo de busca.

Por ser um fator de ranqueamento, o Google pode não priorizar sites que deixam de usar os códigos marcadores. Além da compreensão do tipo de conteúdo da página ser dificultada, os sites que estão otimizados, inclusive com schemas,  tendem a alcançar posições acima dos sites que não estão.

O que muda com o uso do schema?

As páginas que utilizam schema aparecem de forma diferenciada nos resultados de busca. Quando o usuário visualiza o link em que houve a aplicação do código,  há muito mais informações e detalhes relevantes que atraem para o acesso da sua página.

A descrição do conteúdo com schema pode ser utilizada para diversas páginas sobre inúmeros temas. Cada código funciona para uma categoria própria, e isso possibilita que as descrições sejam mais ricas e completas. Geralmente, são encontradas entre as primeiras opções no Google. As principais categorias são:

  • Eventos;
  • Organizações;
  • Pessoas;
  • Vídeos;
  • Produtos;
  • Locais;
  • Receitas.

Quais são as categorias de schemas?

Encontrar as informações que precisa já na primeira busca, traz uma boa impressão para o usuário, o que é um ponto importante para o Google considerar seu conteúdo de valor e recomendá-lo.

Como isso funciona na prática? É bem simples! Por exemplo, se a marcação a ser aplicada é a de eventos, você pode inserir informações como nome do evento, datas, local e horários, no snippet, facilitando a visualização do usuário.

O schema é um fator a mais para prestar atenção durante a otimização de um site, mas, em compensação, o uso do marcador potencializa as chances da sua página receber o clique.

Acompanhar todas as mudanças que acontecem no universo online e no mercado digital requer tempo. Nem sempre é fácil manter um negócio com as atualizações para web em dia e nós estamos aqui para te ajudar.

A  AE Digital é uma agência digital 360 preparada para levar sua empresa a atingir resultados fora da curva e melhorar a performance na internet.

Se você curtiu a dica do dia e quer saber de tudo o que rola no mundo digital, siga a gente no InstagramFacebook e LinkedIn. Esperamos você por lá.

Carolina Fim Carolina FimEstudante de jornalismo e técnica de publicidade, apaixonada por histórias e movida por curiosidade. Sempre estudando e aprendendo cada vez mais sobre produção de conteúdo e redes sociais.
Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com as nossas Políticas de Cookies e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições Eu aceito