Quando contratar SEO e ADS?

Quando contratar SEO e ADS?

Quando falamos de aumentar o tráfego de uma empresa, os primeiros recursos que vem à mente são SEO e Ads. Enquanto o SEO funciona de forma orgânica, através dos mecanismos de busca, o Ads atrai o público com o uso de anúncios.

Tendo pontos de partida opostos, é comum utilizarem apenas uma dessas ferramentas na estratégia de marketing do negócio.

Escolher entre o tráfego orgânico ou pago pode até parecer a única opção, mas ao definir o planejamento estratégico da sua empresa, é importante considerar que uma técnica não anula a outra e é possível integrá-las para alcançar resultados de alta performance.

Tráfego orgânico x tráfego pago

SEO e Ads: como trabalhar com ambas as ferramentas?

 O SEO tem como finalidade colocar sua empresa na primeira página de mecanismos de busca, como o Google. Para alcançar essa posição, são aplicadas técnicas de otimização nos conteúdos do seu site, blog ou e-commerce.

Quanto melhor posicionado seu conteúdo, maior a chance do cliente em potencial visitar sua plataforma. Além do aumento do tráfego de forma orgânica, o SEO gera mais credibilidade para o usuário e possibilita a consolidação da sua marca na internet, tornando a sua empresa uma autoridade no setor de atuação.

Os primeiros conteúdos que o Google mostra são links patrocinados por empresas. Diferentemente do SEO, com o investimento em anúncios, sua empresa garante um bom posicionamento no Google, de forma rápida.

O tráfego pago permite uma alta segmentação, fazendo com que o anúncio seja exibido apenas para usuários com altas chances de conversão.

Como mesclar as estratégias de SEO e Ads?

Nesse ponto do texto, você já deve ter entendido que SEO e Ads partem de princípios opostos e se encontram na finalidade de gerar mais tráfego. Mas como trabalhar com ambas as técnicas para ter um resultado  acima da média?

Vem conferir as dicas que separamos  de como estratégias de SEO e Ads podem se complementar!

SEO e ADs: como aplicar as estratégias na sua empresa?

Seleção de palavras-chave

Na criação de campanhas de mídia, há a seleção de palavras-chave que podem atingir seu público-alvo, que também busca os mesmos termos, e são identificadas as palavras-chave negativas, que não devem ser utilizadas na campanha.

Por exemplo, se você está impulsionando uma campanha sobre cursos online de marketing, a palavra “presencial” pode ser uma palavra-chave negativa.

Mas onde o SEO entra nisso? Vamos te explicar! 

Para gerar tráfego orgânico, é necessário produzir conteúdo otimizado. As palavras-chave negativas podem não ser interessantes para o uso em campanhas de mídia, mas podem funcionar para produção de conteúdo do seu blog ou site, desde que sejam contextualizadas, de acordo com a proposta da sua empresa.

Personalização de anúncios

Ao realizar uma busca no Google, o título e descrição são as primeiras informações que o usuário visualiza, então é comum realizar alterações esporádicas para obter uma melhor performance com o SEO.

Através do Google Ads, você pode verificar quais são os títulos e descrições com melhores posições e, com essa informação, pensar em como sua empresa pode alcançar uma alta performance. Com o Ads, é possível criar diversos títulos e avaliar quais tiveram bons resultados.

Correspondência ampla

É normal haver variações na busca, erros de gramática e até mesmo um “por favor”. Para essas alternativas, o recurso de correspondência ampla permite que seu anúncio apareça como resultado, mesmo que a palavra-chave não apareça especificamente na busca, desde que a pesquisa seja relacionada ao seu termo escolhido.

Esse recurso também facilita seu trabalho com o SEO. Ao conhecer as variações de buscas relacionadas a sua palavra-chave, você pode criar conteúdos voltados para esse tipo de pesquisa, já sabendo no que seu público tem interesse.

Uso de extensões

As extensões são atalhos que evidenciam algum diferencial do negócio ou evidenciam uma informação específica e tem como objetivo chamar a atenção do usuário e levá-lo à página da sua plataforma.

Com o Ads, as campanhas de mídia podem receber até 10 extensões, como por exemplo, “compre aqui”, “atendimento 24 horas” e “oferta exclusiva”.

Como mesclar técnicas de SEO e Ads para gerar tráfego?

Ao analisar quais atalhos tiveram mais conversões, você pode criar calls to action utilizando as palavras com melhores resultados. Dessa forma, você estará incentivando o usuário a conhecer seu produto através da campanha e também pela produção de conteúdo para gerar tráfego orgânico.

Curtiu as dicas para implementar as técnicas de SEO e Ads juntas na sua estratégia de marketing? Por aqui, você pode contar com uma equipe especializada em performance digital para atingir resultados fora da curva e consolidar sua empresa na web. 

Chega AE e vem conferir tudo o que os especialistas da AE Digital podem fazer pela sua empresa. 

Quer ficar por dentro de tudo o que rola na AE e ter acesso a mais dicas de marketing digital? Siga a gente no Instagram, Facebook e LinkedIn. Esperamos você por lá.

Carolina Fim Carolina FimEstudante de jornalismo e técnica de publicidade, apaixonada por histórias e movida por curiosidade. Sempre estudando e aprendendo cada vez mais sobre produção de conteúdo e redes sociais.
Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com as nossas Políticas de Cookies e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições Eu aceito